Logotipos da CMTC e da SPTrans. O logotipo da CMTC está a esquerda e é composto por um circulo oval, sobreposto por um retângulo, ambos com preenchimento branco e contornos em linhas azuis. Ao centro do retângulo, as letras CMTC. O logo da SPTrans está à direita. É composto por uma letra T maiúscula (estilizada na cor vermelha com linhas brancas) à esquerda do texto SPTrans em itálico. Abaixo dos logos, o texto Mais de 70 anos de experiência
Logotipo da SPTrans
Brasão da Cidade de São Paulo. Abaixo, os textos: Cidade de São Paulo - Mobilidade e Transportes
FILTROS:

m




FILTROS:


 
Imagem ilustrativa, contendo a vista aérea de uma estação do Expresso Tiradentes

Museu Virtual do Transporte

1920 - 1930
Foto produzida durante comício
1920 - 1930
Largo São Bento acesso ao Viaduto Santa Ifigênia (grafia da época)
1920 - 1930
Movimentação no centro de São Paulo
1920 - 1930
Rua Quinze de Novembro
O abastecimento de energia era feito por uma única alavanca com corrente positiva, a corrente negativa era feita diretamente do bonde sobre o trilho ao solo
1930 - 1940
Bonde Camarão
1930 - 1940
Bonde circulando sentido Vila Marianna (grafia da época)
As rodas dos bondes eram cônicas para compensar em uma curva a diferença entre a distância que a roda externa teria que percorrer em relação à roda interna
1930 - 1940
Bondes sentido Bom Retiro e Paraizo (grafia da época)
Diferente dos trens, os bondes elétricos tinham a capacidade de vencer pequenos aclives. Para aumentar o atrito era depositado ao longo do dia areia nos trilhos
1930 - 1940
Inauguração da linha nº 46 Jardim São Paulo no Vale do Anhangabaú
1930 - 1940
Movimento de passageiros junto ao bonde Camarão na Praça da Sé
1930 - 1940
Movimento de passageiros na Praça da Sé
1930 - 1940
Praça da Sé
1930 - 1940
Praça da Sé >br> Os bondes abertos tinham duas frentes e acesso por dois estribos, esquerdo e direito. No ponto final viravam-se os bancos e o motorneiro mudava de lado
1930 - 1940
Praça da Sé
Nos horários de pico a aproximação de dois bondes de grande capacidade tinha de ser evitada para não causar sobre-alimentação da rede por demanda excessiva de carga elétrica tornando-os excessivamente lentos