Logo em comemoração aos 25 anos da SPTrans, composto por ícones de ônibus e de localização (ponto de marcação de posição no mapa) à esquerda e à direita, em cores variadas. Ao centro, o texto SPTrans 25 anos com você por toda a cidade
Logotipo da SPTrans
Brasão da Cidade de São Paulo. Abaixo, os textos: Cidade de São Paulo - Mobilidade e Transportes
FILTROS:

m




FILTROS:


 
Imagem ilustrativa, contendo a vista aérea de uma estação do Expresso Tiradentes.

Terminais de ônibus têm reforço na higienização

21 de julho de 2020 - 13h15

Os terminais de ônibus da capital estão recebendo reforço na higienização para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Desde o início da pandemia de Covid-19, plataformas, gradis, pistas de rolamento e áreas comuns dos terminais municipais estão tendo a limpeza complementada, passando por lavagens noturnas. Além disso, ao longo do dia os locais também recebem varrições de todas as plataformas, recolhimento de lixo, higienização e desinfecção dos equipamentos de uso comum.

Os terminais Carrão, Sapopemba e Itaquera II, na Zona Leste, Parelheiros e Varginha, na Zona Sul,  e Parque D. Pedro II, na região central, são alguns dos equipamentos que receberam complemento na sua higienização durante a última semana passada (veja fotos).

Com mais de 470 funcionários, são duas as empresas responsáveis pela higienização dos terminais. Elas ampliaram a frequência da higienização dos banheiros para que seja realizada mais vezes ao longo do dia. Os mais movimentados contam com funcionários fixos nos banheiros, que higienizam os equipamentos nos horários de menor movimentação e à noite fazem a lavagem geral dos equipamentos.
 
A limpeza é realizada com desinfetante e água sanitária para prevenir a disseminação da Covid-19. A SPTrans acompanha diariamente a prestação do serviço de limpeza nestes locais para garantir a qualidade do serviço prestado à população.
 
Além disso, a Prefeitura adotou diversas ações para reduzir o risco de contágio dos usuários do transporte público pelo novo coronavírus, entre as quais:

  • Uso obrigatório de máscaras nos ônibus e terminais;
  • Marcação no solo nos terminais para sinalizar a distância de um metro entre os usuários nas filas;
  • Higienização dos ônibus entre as viagens, principalmente nos locais onde há contato dos passageiros como balaústres, corrimãos e assentos;
  • Higienização do ar-condicionado;
  • Autorização do uso de cortina em "L" para proteção do motorista;
  • Ações de orientação e conscientização sobre cuidados e higiene pessoal por meio de mensagens sonoras e cartazes nos terminais, redes sociais e no Jornal do Ônibus;
  • Monitoramento diário para ampliação e remanejamento da frota, se necessário.

Assessoria de Imprensa - SPTrans