Home > Campanhas

Imagem ilustrativa

Campanhas

Para informar, esclarecer, divulgar e manter você sempre por dentro de tudo o que acontece no transporte coletivo da cidade. Acompanhe aqui as campanhas da SPTrans.

Jornal do Ônibus
Quando Todos Colaboram, Todos Viajam Melhor
Desembarque fora do ponto para mulheres e idosos no período das 22h às 5h
Mais respeito e segurança para Mulheres e idosos
Desde o dia 15/07/2016, a Lei 16.490, regulamentada pelo Decreto 57.399 permite as mulheres e idosos que utilizam o transporte coletivo urbano de passageiros podem optar pelo local mais seguro e acessível para desembarque a partir das 22 horas e até às 5 horas do dia seguinte.

Destaque:

- é permitido o desembarque das pessoas que estiverem acompanhando as mulheres ou idosos, desde que desembarquem conjunta e simultaneamente com a mulher ou idoso usuário, no mesmo local previamente solicitado ao operador.
- deverá ser considerada a identidade de gênero autodeclarada, independentemente do que constar em documento ou registro público, sendo permitido, portanto, o desembarque de travestis e de mulheres transexuais.
- a solicitação de desembarque deve ser feita previamente para que o motorista avalie se o local tem condições seguras para o desembarque.
Desembarque fora do ponto para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida
Ilustração de um motorista ajudando o usuário cadeirante a descer do ônibus. Ao lado um texto 'Pessoas com deficiência e mobilidade reduzida podem desembarcar fora do ponto'
Desde o dia 16/12/13, a Lei 15.914 assegura o desembarque aos usuários do transporte coletivo municipal com deficiência e mobilidade reduzida o direito de desembarque entre as paradas obrigatórias (pontos de ônibus), desde que respeitado o itinerário da linha e as exigências do Código Nacional de Trânsito.

Atente-se para alguma regras:

- O desembarque fora do ponto não se aplica aos corredores exclusivos de ônibus, devendo, nesses casos, o desembarque ser feito exclusivamente nas paradas obrigatórias.
- Na impossibilidade de parada para desembarque no local indicado pelo usuário, deverá ser observado pelo condutor o local mais próximo ao indicado.
Transporte de animais domésticos nos ônibus
Desde o dia 12/03/15, a Lei 16.125 permite o transporte de animais domésticos de até 10 quilos nos ônibus coletivos da Capital.

Atente-se para alguma regras:

- o animal deverá estar em caixa apropriada isento de dejetos, água e alimentos e que garanta a segurança, a higiene e o conforto deste e dos passageiros;
- no máximo dois animais por pessoa.
- não podem ser transportados animais ferozes ou peçonhentos;
- nos dias úteis, exceto nos horários de pico, ou seja, na parte da manhã, entre 6h e 10h, e na parte da tarde, entre 16h e 19h.
- será cobrada a tarifa regular da linha pelo assento utilizado para o transporte do animal, se for o caso;
- o não cumprimento da Lei, pelas empresas que compõem o Sistema Municipal de Transporte Coletivo de Passageiros, acarretará multa de R$ 1 mil, dobrando em caso de reincidência.
SPTrans Prefeitura de São Paulo Secretaria de Mobilidade e Transportes.




São Paulo Transporte S/A
Rua Boa Vista, 236 - Centro - São Paulo/SP
CEP: 01014-000




Telefone
Central 156

  Prefeitura de São Paulo - Viaduto do Chá, 15 - Centro - São Paulo, SP - CEP 01002-020  

©2017 São Paulo Transporte S/A | Política de Privacidade