Logo em comemoração aos 25 anos da SPTrans, composto por ícones de ônibus e de localização (ponto de marcação de posição no mapa) à esquerda e à direita, em cores variadas. Ao centro, o texto
Logotipo da SPTrans
Brasão da Cidade de São Paulo. Abaixo, os textos: Cidade de São Paulo - Mobilidade e Transportes
FILTROS:

m




FILTROS:


 
Imagem ilustrativa, contendo a vista aérea de uma estação do Expresso Tiradentes.

Uso de máscara é obrigatório nos ônibus, terminais, táxis e carros de aplicativos de São Paulo

04 de maio de 2020 - 19h49

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e da SPTrans, informa que, a partir de hoje, 4 de maio, passa a ser obrigatório o uso de máscaras nos ônibus, táxis e carros de aplicativos na cidade de São Paulo. A medida vale tanto para os trabalhadores quanto para os passageiros e se soma aos esforços da Prefeitura no enfrentamento à pandemia de Covid-19. 

Os motoristas e cobradores de ônibus da capital, além dos funcionários que atuam nos terminais, deverão usar máscaras fornecidas pelas concessionárias que operam o sistema. O descumprimento por parte da empresa está sujeito a sanções contratuais.

A fiscalização da medida será feita por agentes da SPTrans, tanto nos ônibus quanto nos terminais. No caso dos ônibus, fiscais da SPTrans, supervisores das concessionárias de transportes e das operações de terminais de ônibus devem agir para que os veículos não circulem com passageiros que se recusem a cumprir a norma. E, se necessário, os agentes podem solicitar a intervenção da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana. 

Os taxistas e os motoristas de carros de aplicativos também devem obedecer à determinação. A fiscalização será feita pelos agentes do Departamento de Transportes Públicos (DTP). Passageiros que estiverem sem a máscara de proteção facial devem ser recusados pelos taxistas e motoristas de aplicativo. 

Importante ressaltar que a quarentena está em vigor e quem puder deve ficar em casa. A recomendação é que apenas trabalhadores de serviços essenciais se locomovam pela cidade e que sempre usem máscaras de proteção. 

Outras iniciativas

A SPTrans determinou a instalação de adesivos na porta e no para-brisa dos ônibus municipais com a informação sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção nos veículos.   

Desde o início da pandemia, a SPTrans colocou em prática uma série de ações, como a veiculação de mensagens sonoras em seus 31 terminais de ônibus, contendo dicas e orientações para prevenção da Covid-19, também sinalizou as plataformas definindo a distância de 1 metro entre os usuários enquanto aguardam o embarque.  Além disso, autorizou as empresas operadoras a usarem cortinas em formato de "L" nos postos dos motoristas para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Outras providências tomadas são o reforço da limpeza de banheiros dos terminais e ônibus, orientação para que motoristas de ônibus, cobradores e demais funcionários de operadoras de ônibus reforcem seus cuidados pessoais, lavando sempre as mãos a cada viagem realizada. 

A SPTrans também criou um site com as notícias relacionadas ao transporte público em virtude da pandemia de Covid-19, incluindo mudanças de linhas, funcionamento dos postos e recomendações de como se prevenir: http://www.sptrans.com.br/covid-19

Assessoria de Imprensa